Resenha - Conquistada por um Visconde

 Olá pessoas, como estão?


Conquistada por um Visconde traz a história de Heather Cynster, ela cansou de conhecer homens aristocráticos enfadonhos, desse modo, seu tão sonhado herói deve estar em festas de reputações duvidosas.
Sendo assim, ela vai em um sarau, sozinha,  e ultrapassa as barreiras de seu mundo. Porém, seu plano é arruinado quando encontra o Visconde de Breckenridge, que rapidamente, a escolta para fora do salão. Mandando-a embora.
Audaciosa, Heather se solta dos braços dele e caminha de cabeça erguida para a carruagem, mas o que ela não esperava, era ser surpreendida e sequestrada.

Breckenridge, estupefato com o que viu, vai automaticamente atrás dela.

Quando os sequestradores a levam para uma estalagem, Breckenridge consegue chamar a atenção de Heather, mas acontece que ela não quer ser salva.

Damas como Heather Cynster deveriam vir com manual de instruções.

Isso mesmo! No pouco que falou com os sequestradores, Heather descobre que foi a mando de alguém e que o alvo não era ela, mas qualquer uma de suas irmas e/ou primas. Teimosa, ela faz a cabeça de Breckenridge propondo conseguir informações do mandante para que eles o identifiquem, descobrindo assim o motivo que o levou ao sequestro.

 Desse modo, Breckenridge começa a segui-los e todas as noites encontra Heather para reaver o que ela descobriu no decorrer do dia.

O que será que vai acontecer? Eles descobrirão o mandante? Conseguirão fugir?

Será que Heather tem em mente que, com ela e Breckenridge desaparecidos, o casamento entre eles será iminente?


Conquistada por um Visconde faz parte de uma trilogia intitulada As irmãs Cynster, e fora um livro de rápida leitura, porém o enredo é raso e se estende desnecessariamente. Heather é uma ótima personagem, mas não me convenceu muito. Já Breckenridge, é o típico libertino que nunca irá amar alguém. 
Enfim, o livro é bom, com uma narrativa fluida e prende o leitor com o suspense sobre o mandante do sequestro, entretanto, não é algo que eu já não tenha lido antes. rs
Penso que, por ler muito do gênero, as histórias começam a ficar menos surpreendentes a cada livro, mas espero que os próximos sejam diferentes.

As palavras eram apenas palavras, afinal. Fácil dizê-las; fácil esquecê-las.


                                                                                                      Beijos da Bruh 

13 Gostou? Comente!:

  1. Jura que não é inovador? Poxa vida, eu fiquei toda "uaau" aqui com esse lance de sequestro, acho que nunca vi nada assim em romance de época. Mas a relação mocinha-cavalheiro é de fato clichê, mas daqueles clichês que a gente ama mesmo, então hahaha ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para quem veio de um passado de 'Romances de banca', isso não inova em nada rs O único diferencial é que a mocinha não se apaixona pelo sequestrador.rs

      Excluir
  2. Não conhecia o livro, mas já desanimei por ser uma trilogia. Quero primeiro terminar as que comecei antes de me aventurar em outra.
    Mas gostei de sua resenha. Espero que os outros livros sejam melhores.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruh, tudo bem?
    Adorei a resenha. :D
    Passando pra avisar que te indiquei numa TAG. ♥
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna!

    Puxa sou mega fã de romances de época! Ainda não enjoei rsrsrs ainda, nunca se sabe rsrss

    Estou de olho nesse livro faz um tempo, vou pegar qualquer dia pra conferir

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Ooi Bruu, adoro romance de épocas, e adoreeei a sua resenha, ficou ótima parabens ^^
    beeijos
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi
    já fiquei curiosa logo no inicio da leitura e quero ler esse livro, pena que não trás um diferencial, mas pelo menos foi uma boa leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Amei sua resenha, fiquei super curiosa para ler o livro, uma pena ele não ter nenhum diferencial..

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii Bruh

    Que pena que a história de extende sem necessidade, não curto quando o autor cisma em ficar enrolando. Essa autora é sempre muito bem recomendada em gênero histórico, e a capa desse livro está lindissima.
    Fico feliz de que apesar de suas pequenas falhas, acabou sendo uma leitura boa.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  9. Romance + uma vibe de invstigação? já quero hahahaha

    Tô com ele aqui apenas esperando para ser lido! Deuuuusss me dê tempo hahaha

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  10. Amo livros assim de suspense e lendo a sua resenha, já fiquei com vontade de ler e descobrir quem foi o mandante. hehe
    Vou procurar baixar em PDF, porque gosto demais de livros assim, que nos prendem a cada página.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  11. Oi Bruh,
    Ainda não li os livros da autora, mas já estão na lista ♥
    Uma pena esse não ser tão inovador.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!!
Não esqueça de curtir a página do blog no face...
https://www.facebook.com/umminutoumlivroblog

 

© Template elaborado por Cantinho do Blog. Clique aqui e Encomende o seu! - 2015. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré