Resenha - O Último dos Canalhas


Olá pessoas! Prontos para fechar o ano com chave de ouro?



Estou muito feliz, pois mesmo tendo um ano difícil e estressante consegui ultrapassar a meta de livros que queria ler, em janeiro de 2015 prometi que leria 100 livros no decorrer do ano e consegui ler exatos 137 livros até o dia de hoje E para o tão próximo 2016 já tenho 119 livros esperando para serem concluídos! #medesejemsorte 
E vocês, conseguiram zerar a meta de leitura? Já sabem quantos livros estão esperando para ano que vem?


Você sabem que tenho um fraco por romances históricos. Desculpe, eu não estou conseguindo ler romances contemporâneos ultimamente por não conseguir achá-los tão atrativos, principalmente os livros Hot, pois não achei nenhum com uma história realmente, sabe? Fora de uma cama para variar? 
Desse modo, sem mais delongas, a minha última resenha do ano será um histórico. 

O Último dos Canalhas é o segundo livro da série Canalhas, cujo o primeiro livro se intitula O Príncipe dos Canalhas, você caro leitor não precisa ler em sequência, pois os livros focam em casais diferentes, porém esse livro trás referências e personagens do primeiro livro, mas nada que possa atrapalhar a leitura se você não leu o anterior. 

Nesse livro conhecemos Vere Aylwin Mallory, o último canalha da família e duque de Ainswood. Ele passou por uma série de tragédias familiares, porém uma delas fora muito forte para ele. Se rebelando, Vere simplesmente ignora seu título, suas terras e sua família, vivendo de um lugar para outro junto de seu criado Jaynes.
Paralelo á isso, conhecemos Lydia Grenville, uma jornalista que usa esse meio de comunicação para fazer ouvir sua opinião sobre política e sobre a sociedade em si. Ela possui um passado sombrio e pretende deixá-lo desse modo. 
Lydia está de olho em Coralie Brees cuja reputação é a de pior cafetina de Londres. Quando ela está indo para se encontrar com um colega de trabalho, se depara com Coralie arrastando uma menina afim de conseguir mais uma garota para o seu bordel.
Claro que Lydia não vai deixar barato, mandando Coralie soltar a menina, porém a mulher é uma megera e logo ambas entram numa discussão.
Vere Mallory vendo aquela cena, tenta apaziguar a situação, mas acaba discutindo com Lydia, enquanto Coralie foge. Mas ela não deixa barato também e o canalha acaba nocauteado por Lydia.
Daí em diante Vere vira um stalker, seguindo Lydia a todo lugar e claro, colocando ambos em diversas enrascadas.

Esse romance foi muito gostoso de ler, antes de terminá-lo eu já estava indicando para minhas amigas leitoras. Encontrei muitas características diferentes daquelas de que estava acostumada nos romances históricos. Na realidade nem achei Vere tão canalha assim, era fofo e engraçado de "ler" ele perseguindo Lydia. Aliás, essa personagem me deixa sem palavras para descrevê-la, definitivamente é uma personagem forte e que deixa os homens no chinelo e Vere é o primeiro a enxergar isso.
Amo livros onde os diálogos não são forçados, dando uma leitura ritmada e fluida.
Todos os personagens desse livro são muito bem construídos e amo quando há bichos de estimação na história e a mastim preta de Lydia, a Susan, deu um show á parte. 

A capa desse livro é outro caso, ambos os livros dessa série tem a fotografia da capa muito bonita

Se você procura um livro com personagens fortes e engraçados, com uma pitada de ação, drama, hot e fofura, leia este livro que você não se arrependerá.

Primeiro livro da série Canalhas

 Desejo á todos os leitores do blog um Feliz Ano Novo e que neste ano que se iniciará todos nós tenhamos muita paz, saúde, amor e, claro, muitos livros

Beijos da Bruh


Divulgação!!

Oi Gente!!
Hoje venho com uma super divulgação.
Já ouviu falar em "A 5ª Onda"?
Ainda não?
Vou te explicar. Esse é um livro publicado pela Editora Fundamento, e dia 21 de janeiro de 2016, um filme baseado no livro será lançado nos cinemas!!


Vamos conferir um pouco sobre essa novidade?
"A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas.
Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos.
Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan (Chloe Grace Moretz) precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar."

Confira o trailer do filme:

Ficou interessado??
 O livro está com 30% de desconto na loja virtual da fundamento: http://bit.ly/1Qonk6z



E aí? O que achou da dica??

Beijos,
Juh Bernardo

Resenha - Uma Semana Para Se Perder

Olá pessoas, tudo bem?

Como prometido, eis aqui a resenha do segundo livro da série Spindle Cove \o/


Logo no final de Uma noite para se entregar já temos um gostinho dos personagens desse livro: Minerva e Colin.

Sabe aquele livro que você não quer terminar de ler porque não quer se despedir dos personagens?
Foi assim comigo durante a leitura de Uma semana para se perder.
Definitivamente esse livro trouxe mais força para a série Spindle Cove.

Uma semana para se perder narra a história de Lady Minerva Highwood, temos mais uma mocinha que foge á época, ela é culta e tem paixão pela geologia. Por sua "natureza" fora das convenções sociais, ela acaba em Spindle Cove com as duas irmãs e a mãe. Assim que Colin Sandhurst Payne, mais conhecido como o devasso primo de Bram, chega a vila de Spindle Cove, ele e Minerva se estranham como vemos no primeiro livro da série.

O livro tem como inicio Minerva, debaixo de chuva, no meio da noite, batendo na porta do diabo, Ops, de Colin. 
"Eu admito", disse ele, " que esta não é a primeira vez que atendo a porta no meio da noite para encontrar uma mulher esperando por mim do lado de fora. Mas você é, com certeza, a mulher que eu menos esperaria."Colin a avaliou até os pés. "Mas é a mais enlameada."(...)"Esta não é uma visita desse tipo." "Permita-me um momento para eu absorver a decepção."
Intrigado pelo motivo que levou-a até ali, Colin logo descobre que Minerva quer que ele fuja com ela de Spindle Cove e leve-a até Edimburgo, na Escócia, para que ela possa participar de um simpósio de geologia. Na verdade, Minerva fez uma descoberta importante para o ramo e está convicta de que ganhará um alto prêmio em dinheiro se apresentar sua descoberta no simpósio, sabendo que Bramwell retém as finanças de Colin, ela usa o dinheiro que ganhará como pagamento para que ele viaje com ela.
Claro que num primeiro momento Colin diz não, pois as consequências de fugir com ela são altas, principalmente quando a reputação de uma dama está em questão, na verdade a reputação de Minerva voará pelos ares quando a vila souber do ocorrido. Entretanto Minerva já tem tudo arquitetado, fingindo estar fugindo com Colin ou até mesmo indo sozinha.
E é praticamente encostando Colin "contra o muro" que ela consegue que ele a acompanhe.
Só que nada são rosas, Minerva logo descobre que Colin não viaja em carruagens e não dorme sozinho, dado a um trauma que ele sofreu. Além disso, ela esqueceu um diário importante sobre suas pesquisas e trouxe o diário "fictício" que ela iria deixar na vila para que suas irmãs e mãe pensassem que ela e Colin estavam apaixonados. Ademais, várias situações ocorrem no decorrer da viagem que faz com que o objetivo fique cada vez mais distante.
Eles caminharam pelas fileiras de animais premiados, que estavam ali em exibição, dando nomes ridículos aos porcos e arminhos, e depois discutiram qual merecia o prêmio e por que."Hamlet merece a faixa", argumentou Minerva. "Ele tem os olhos mais brilhantes, e seus quadris são os mais gordos. E ele também se mantém bem limpo, para um porco.""Mas Hamlet é um príncipe. Eu pensei que você conferisse suas dádivas aos cavalheiros", disse ele,"Talvez você prefira Sir Francis Bacon ali adiante.""Aquele imundo que está grunhindo e chafurdando na lama?""Pelo que sei, grunhir é uma marca de inteligência porcina.""Por favor", ela olhou enviesado para Colin. "Até eu tenho meus padrões." 
Nesse ínterim, em Spindle Cove, temos Thorne e Kate: ele "bate o pé" e tem certeza de que Colin fugiu com Minerva, mas não por estar apaixonado; já Kate acha um absurdo Thorne pensar assim, oras seria assim tão impossível que alguém se apaixonasse por Minerva? E por que Colin não poderia ser esse alguém?
Desse modo, ambos tentam arrumar provas de suas teorias para "calar a boca" do outro.
Logo o leitor percebe que ambos tem pontos de vista diferentes sobre o amor e que será tratado no terceiro livro da série. Que aliás, não vejo a hora de ler. *-*
"Você não sabe?", pergunta ela. "A antipatia aparente pode mascarar uma atração oculta."Ele sentiu o rosto ficar quente."Não neste caso.""Ah, sim. Esta lista não prova que Lorde Pyne é um canalha." Ela bateu com o papel no peito de Thorne. "Ela prova que ele está apaixonado."
Claro que com todos os percalços que ocorrem durante a viajem, além de Colin e Minerva terem de dormir juntos, com o passar das páginas os personagens vão se conhecendoautoconhecendo interiormente e exteriormente. A Tessa consegue que não só um, mas que ambos os personagens se desenvolvam com a ajuda mútua de cada um. 

Uma semana para se perder trás os dois personagens centrais mais cativantes que já li. Colin está mais sarcástico e cômico do que nunca, e Minerva é aquela mocinha forte, mas que no fundo tudo o que mais quer é ser amada. Além disso, é um livro leve e ritmado como foi no primeiro livro.
Os diálogos estão demais, esse foi o primeiro livro que enchi de post-it :p

Vocês perceberam pelos quotes, né? 

Preciso reforçar que amei esse livro? rs 

O próximo livro da série: 

Beijos da Bruh ♥

Um minuto, uma dica #15 - Um cafézinho por favor!

Pausa para uma leitura com gargalhadas garantidas!

Eu sou muito travada para ler contos, eles realmente tem que chamar a minha atenção, e hoje venho com livro muito interessante que está sendo criado por um usuário do Wattpad. O autor traz uma proposta diferente, falando sobre o nosso dia-a-dia com um humor saudável e irreverente.
Cafezinho - Contos Pingados do autor Josué Oliveira, é aquele tipo de livro que você deve relaxar e dar muitas gargalhadas enquanto saboreia um delicioso cafezinho. Os contos são rápidos, então, se não der para sentar e tomar um cafezinho enquanto relaxa, você pode ler enquanto está no ônibus, no intervalo do almoço, em pé na fila infernal do banco, ou em qualquer outro lugar que você imaginar. Só tenha cuidado! Algumas gargalhadas são inevitáveis, então você pode acabar chamando a atenção em lugares públicos (eu já fiz isso... )

https://www.wattpad.com/story/48702633-cafezinho-contos-pingados

Cafezinho - Contos Pingados 
Josué Oliveira
"Já pensou em como seria se a balada fosse como uma entrevista para conseguir um(a) namorado(a)? Ou se você tivesse uma explosão de sinceridade na noite anterior ao seu casamento? E se nascer fosse literalmente saltar de paraquedas? Então pare, tome um cafezinho e curta esta seleção de contos entre um gole e outro."




Gostou da dica? Então sente, peça uma xícara de conto com duas colheres de humor, relaxe e aproveite seu café! ;)

Juh Bernardo

Se eu ficar em filme

Oiiie pessoal,
Não consegui subir o post para o blog ontem, a rede de internet que eu uso caiu, estão fazendo reparos, mas de instante em instante cai a internet. 
Mas vamos lá o post hoje é de um livro que virou filme e eu amei é muito emocionante a história. Levo mais como lição de vida esse filme, não tive a oportunidade de ler o livro, mas o filme em si é ótimo.   Sim, admito eu chorei muito assistindo-o .Vou falar um pouco do filme    SE EU FICAR.



    If I Stay (no Brasil e em Portugal Se Eu Ficar) é um filme de drama estadunidense de 2014 dirigido por R. J. Cutler, baseado no romance If I Stay de Gayle Forman e estrelado por Chloë Grace MoretzMireille EnosLiana LiberatoLauren Lee Smith e Jamie Blackley. Ele foi lançado em 20 de agosto de 2014  nos Estados Unidos, 28 de agosto de 2014 em Portugal e 4 de setembro no Brasil de 2014.

Sinopse

Mia Hall acreditava que a decisão mais difícil que enfrentaria em sua vida seria escolher entre seguir seus sonhos na escola de música Juilliard ou seguir um caminho diferente com o amor de sua vida, seu namorado rebelde, Adam. Mas quando o que deveria ter sido um passeio despreocupado de família leva a vida de sua mãe Kat, seu pai Denny e seu irmão mais novo Teddy, tudo muda em um instante devido ao acidente que tivera, e agora sua própria vida está em jogo enquanto ela está em coma em um hospital. Presa em um limbo entre a vida e a morte para um dia revelador, ela pisca de volta para o passado, e tem uma experiência extracorpórea enquanto observa amigos e familiares se reunindo no hospital. Ela deve tomar uma decisão que não só irá decidir o seu futuro, mas o seu destino final.


E aii, gostaram?
                                               Beijinhoos de Lizaa  

Livro "Destino" da autora Wilma Araújo já está em pré venda!

Oi Gente!!
O livro da minha querida amiga Wilma já está em pré venda! ❤ ❤ ❤
Está esperando o que para comprar??

http://www.editoramaresia.com/#!product/prd17/4416440441/destino---trilogia-portais

Ficou interessado? Clique aqui e compre! Eu recomendo ;)

  Beijos,
Juh 

Eu sou a nova colaboradora, um pouquinho de mim

Oiee pessoal,  sou a nova colaboradora do blog da Juh,
E o meu primeiro post vai ser falando um pouco de mim rsrsrs o próximo post sera na segunda sobre séries e/ou filmes o conteúdo ta bem legal.
   Bom vamos lá. rssrsr
Tenho 17 anos, meu  nome é Lizandra Paixão, mas podem me chamar de Liza. Sou Nordestina com orgulho, Paraibana nata, nasci na capital mas moro no interior a 63 km da capital numa cidadezinha chamada Sapé.
 Curso ensino médio e ano que vem presto vestibular, serei acadêmica de Odontologia por amor, além da odontologia tenho sonhos, metas das quais vou conseguir conquistar. Amo minha família, a gramática, a literatura e a Redação. Viciada em Netflix, em Chocolate e em lugares de tranquilidade. Apaixonada por livros, filmes, séries e músicas. Sou extrovertida, brincalhona, me irrito com facilidade, mas sorrio também rsrsr, meus defeitos são ser sincera demais, me apegar com facilidade.
Bem pessoal, aii ta um pouquinho de mim e esperem pelos post's que estão incríveis.
beijinhooos de Lizaa

Resenha - Uma Noite Para Se Entregar

Olá pessoas, tudo bem?
Dei uma sumidinha por aqui néh?


A Ju fez um post sobre as novidades do mês de novembro e percebi que muitos se interessaram pelo lançamento do livro A dama da meia-noite da editora Gutenberg, enfim esse livro é o terceiro da Série Spindle Cove da autora Tessa Dare. E estou aqui justamente para falar sobre o que achei do primeiro livro dessa série.

Uma noite para se entregar trás a base da série que é a vila de Spindle Cove, um lugar onde muitas moças vão se "refugiar". Elas, são geralmente bem-nascidas, porém são tímidas, escandalosas, ou seja, são as moças que ninguém sabe como lidar. Algumas desencantaram com o casamento, outras sofrem de alguma doença e há aquelas que se encantaram pelo homem errado. Desse modo, as mães levam sua filhas para Spindle Cove para que elas se aperfeiçoem e futuramente possam desfrutar de um bom casamento.
A anfitriã dessa vila é Susanna Flinch, ela "recruta" e lidera as moças que lá vivem. Descobrindo os talentos de cada uma e ajudando-as a desenvolvê-los, além de ser uma grande amiga, Susanna também é uma grande defensora das moças. Seu pai é o Conselheiro Real, Sir Lewis Flinch. Ele vive trancafiado em um canto da casa fazendo experimentos e criando novas armas.
Spindle Cove é um lugar bem tranquilo, porém assim que o Victor Bromwell, Thorne e Colin aparecem... 
Victor Bramwell, ou como todos o chamam: Bram, é  o tenente-coronel do Exército Britânico, porém a vida dele tem uma reviravolta quando leva um tiro no joelho enquanto defendia a Inglaterra contra Napoleão. O Conselheiro Real é o único homem que pode ajudar Bram a ter o seu comando de volta, só que o pai de Susanna faz muito mais que isso: lhe arruma um castelo caindo aos pedaços em Spindle Cove, um título de Lorde e lhe dá a missão de reunir uma milícia, ou seja, Bram deve recrutar os homens da vila, treiná-los e armá-los.
Bram fica muito revoltado com sua situação, mas ele acaba por fazer o que lhe foi pedido, entretanto logo ele percebe que achar homens para a sua futura milícia será uma tarefa pra lá de difícil, além disso, suas ordens são sempre questionadas pelo povo da vila, e tudo o que ele manda, os moradores dizem para que ele peça a permissão de Susanna. Bram fica inconformado, para ele, mulher não deve mandar em nada e logo farpas rolam soltas. 

"Vamos até a taverna", disse Bram. "Preciso de uma bebida."
"Eu preciso de um bife", disse Thorne.
" Eu preciso de uma prostituta", falou Colin. "Eles têm isso em vilas litorâneas?Prostitutas de tavernas?"
"Deve ser ali." Ele atravessou a praça, na direção de um estabelecimento de aparência alegre, com a placa tradicional de taverna pendurada sobre a entrada.
Bram diminuiu o passo quando eles se aproximaram da entrada. Olhando mais de perto, aquilo não se parecia com nenhuma taverna em que ele tinha estado. Havia cortinas de renda na janela. Acordes delicados de piano chegava flutuando até ele. E a placa pendurada sobre a porta dizia...
" Por favor, diga que não está escrito o que eu estou lendo."
"O Amor-Perfeito", seu primo leu em voz alta, em tom horrorizado. "Casa de chá e doces."
Bram praguejou: a coisa ia ser feia.
Corrigindo: quando abriu a porta vermelha do estabelecimento, ele percebeu que a coisa não ia ser feia, de modo algum. Tudo seria muito bonito, além dos limites de tolerância masculina.


Susanna quer que sua amada vila volte a ser tranquila, pois agora, além das moças estarem alvoroçadas com tanta masculinidade á vista, esses homens estão deixando a vila de "pernas pro ar". Assim Susanna inicia uma batalha contra Bram, porém onde há faísca, há fogo.

Com situações engraçadas, uma narrativa ritmada e leve, Uma noite para se perder trás um bom início para a série. O livro aborda diversos personagens, entre eles o primo de Bram, Colin, que é um devasso e não tinha como não rir de suas observações sarcásticas e suas tentativas de "revolução" e o Cabo Thorne, que é um homem grande e forte, de poucas palavras e de quem todos tem medo.
Conhecemos outros personagens bem "por cima", pois a história deles serão aprofundadas nos próximos livros. 
Os diálogos são do estilo de Portugal, "entre aspas".
Susanna é aquela personagem forte, e totalmente avessa á época, de um jeito bom. E Bram é um homem machista, mas que quebra a cara cada vez que está com a mocinha. Quando ela e Bram se juntam ou quando Bram deixa o comando com seu primo Colin, muitas situações cômicas acontecem.
O próximo livro, Uma semana para se perder, será a próxima resenha. E já posso adiantar que superou o primeiro livro. 


Beijos da Bruh
 

© Template elaborado por Cantinho do Blog. Clique aqui e Encomende o seu! - 2015. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré