Viajar para encontrar o amor...

Ler um livro nos traz a oportunidade de conhecer diversos lugares, e podemos fazer viagens incríveis com alguns personagens.
Hoje decidi citar alguns livros em que os personagens viajam e encontram o amor.


       Qual o Seu Número? – Karyn Bosnak: Nesse livro, após ler uma pesquisa em uma revista feminina, Delilah descobre que já teve homens demais em sua vida. E para não virar uma tia solteirona com relacionamentos fracassados, ela embarcar em uma louca viagem atrás de seus ex-namorados na tentativa de reatar com algum deles.

Sinopse do livro: "Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível achar a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo."

Minha frase favorita: "Para viver, é preciso assumir um risco (ou vinte, ou quarenta, ou sessenta, seja lá quantos forem). É preciso tentar até as coisas darem certo."


       Cidades de Papel – John Green: Eu já resenhei “Cidades de Papel” aqui. Em "Cidades de Papel", Q pega seu carro, e sai com seus amigos em uma aventura alucinante procurando por Margo, uma amiga, que do dia para a noite, desapareceu.

Sinopse do livro: "Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.
Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.
Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia."


Minha frase favorita: “Isso sempre me pareceu tão ridículo, que as pessoas pudessem querer ficar com alguém só por causa de beleza. É como escolher o cereal da manhã pela cor, e não pelo sabor.”


       Um Homem de Sorte – Nicholas Sparks: Também já falei dele aqui. “Um Homem de Sorte” com a história de Thibault, um ex fusileiro, que faz uma longa viagem a pé, na tentativa de encontrar a garota de uma foto que ele achou no Iraque, enquanto servia o exército americano.

Sinopse do livro: “Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografa dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela.” “Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fm de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. (...) Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar."

Minha frase favorita: "Às vezes as coisas mais ordinárias podem transformar-se em extraordinárias, simplesmente se realizadas pelas pessoas certas."


       Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins: Eu considero esse romance muito fofo e também já resenhei ele aqui. No livro, os pais de Anna decidem que ela deve estudar em uma escola em Paris (que sonho), e mesmo contra vontade, ela vai. Lá, ela descobre grandes amizades e conhece o cara perfeito, só tem um problema, ele tem namorada.

Sinopse do livro: "Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?" 


Minha frase favorita: "Há poucas coisas piores que alimentar sentimentos por alguém que você não deveria."




8 Gostou? Comente!:

  1. Adorei você ter destacado suas frases favoritas!
    Essa aqui é tudo: "Para viver, é preciso assumir um risco (ou vinte, ou quarenta, ou sessenta, seja lá quantos forem). É preciso tentar até as coisas darem certo."
    Mas, não sei se conseguiria destacar só uma frase favorita em muitos dos livros que gosto... vou tentar! rs

    Gostei do blog, seguindo...
    Bjs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Curti as livros e as frases, li Anna e Um Homem de sorte.
    Anna é queridinho <3
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Desses ai eu só li um homem de sorte e gostei, e assisti filme de dois, essas frases que você separou são muito legais.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Juh!
    Adoro romances, então adorei as sugestões de livros. Dos mencionados, Cidades de Papel é o que mais tenho curiosidade de ler, até porque tô gostando bastante da escrita do John Green em ACEDE.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Oii tudo bem?!

    Desses livros eu só li CIDADES DE PAPEL, muito bom, adoro ler livros do John Green, são ótimos.

    Mixação | Um blog teen para quem pensa mix.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Achei o post bem legal, to com o Um homem de sorte aqui e quero ler em breve, espero gostar tambem de Anna e o B. F.
    Beijos
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. OI Juh acredita que não li nenhum desses livros ainda? Quero ler me breve! Amei estes quotes e quero viajar junto com estes personagens por ai!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Curti mt as escolhas. Acredita que eles estão na minha lista de "desejados" e nunca crio coragem de ler?
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!!
Não esqueça de curtir a página do blog no face...
https://www.facebook.com/umminutoumlivroblog

Tecnologia do Blogger.