Resenha - Puros

 
Sabe aquele livro que você compra por comprar, só porque está muito barato? Foi assim que Puros, chegou em minhas mãos, comprei ele por apenas R$5,90 em uma promoção do Submarino.com. Quando comprei, a única coisa que sabia sobre ele era o que tinha lido na sinopse, e confesso que me surpreendi ao ler o livro.

Imagine uma guerra mundial de proporção maior que a segunda guerra mundial, uma guerra com alta tecnologia e armas químicas piores que a bomba nuclear de Hiroshima e Nagasaki. Imaginou?
Bem, Puros é um livro futurístico, (aí então você pensa, “mais do mesmo”, mas não é!) As distopias atuais estão seguindo um padrão, onde tudo acontece muitos anos após uma guerra, e as pessoas que passaram por ela já nem estão mais vivas para contar, então o que fica é aquilo que seus descendentes decidem que devem contar. Mas Puros, não segue esse padrão. Os episódios do livro se passam apenas 10 anos após uma bomba nuclear atingir o mundo todo. Temos nesse livro, os acontecimentos de um pós-guerra, onde as pessoas ainda lutam por sobrevivência e ainda vivem as consequências de uma guerra recente. Por isso, o livro contém detalhes que podem ser perturbadores e impactantes.

"Quando ocorreram as explosões, muitas de nós estávamos aqui, sozinhas, em nossas casas ou trancadas em nossos carros. Algumas foram atraídas para o quintal para ver o céu, ou, como eu, para as janelas. Agarramos nossos filhos junto ao peito. As crianças que pudemos reunir. E houve algumas que estavam presas, morrendo. Todas nós fomos deixadas para morrer. Fomos nós que cuidamos dos moribundos. Enterramos nosso filhos e, quando houve muitos para serem enterrados, construímos piras e queimamos o corpo de nossos próprios filhos. Mortes, eles causaram isso a todas nós. (...) – Eles nos deixaram para morrer e nós somos obrigadas a carregar nosso filhos, nossos filhos que nunca crescerão, e teremos que fazer isso para sempre. Nosso fardo é nosso amor."

O livro começa narrando o dia da grande explosão, onde o mundo praticamente se extinguiu. Mas existem pessoas que saíram ilesas das explosões, pois nesse dia, elas estavam a salvo dentro de um domo, que foi construído justamente com o intuito de salvar algumas pessoas escolhidas, eles são chamados de puros. Mas do lado de fora também houve sobreviventes, só que esses não saíram ilesos, eles tiveram ferimentos gravíssimos e vivem com terríveis cicatrizes. Aquelas pessoas que estavam abraçadas com seus filhos, amores ou amigos, foram fundidas a eles, criando um novo ser, chamado “grupal”, onde duas ou mais pessoas estão grudas umas as outras. Também tiveram pessoas que foram fundidas com objetos, partes do chão, com animais mortos e tudo mais o que você imaginar (eu sei, isso parece é terrível). Elas vivem na miséria, onde qualquer alimento comestível virou raridade, e vivem em um local que deveria ser impossível de se respirar desde as Explosões. Esses dois lados se tornaram "rivais", quem está fora do Dono, sente-se abandonado, e quem está dentro, acredita que as pessoas do lado de fora não passam de perigosos selvagens.

 “Queime um Puro e respire as cinzas
De suas entranhas, faça umas cintas.
Com seus cabelos, teça um cordão.
E de seus ossos faça um Puro sabão.”

Temos como protagonistas Pressia e Partridge que possuem a companhia de Bradwell, El Capitán e Lyda. Pressia vive no mundo externo e teve uma cabeça de boneca fundida a sua mão, ela vive com seu avô, e logo recebe ajudas de Bradwell, um sobrevivente que teve pássaros fundidos a suas costas, e também conhece El Capitán, esse está fundido ao seu irmão. Dentro do Domo, temos Partridge, filho do homem mais poderoso do Domo, Partridge não consegue se encaixar dentro do local, ele perdeu sua mãe durante as explosões e seu irmão suicidou-se dentro do Domo, e em um momento de rebeldia ele decide fugir do Domo, deixando para trás Lyda, uma garota que até então tinha como preocupações fazer bolos, esculturas e ser aprovada para ter filhos.
O destino de Pressia e Partridge se cruzam, assim que ele sai do Domo, e juntos, se unem em uma busca desesperada pela verdade.
O livro é narrado em terceira pessoa, e os capítulos se alternam entre esses cinco personagens, não tive dificuldades em diferenciá-los, são cinco pessoas diferentes e cada capítulo tem como título o nome do personagem.
Ele não é de terror, mas achei um pouco assustador entrar nesse mundo criado pela autora. O livro tem muita dor e angustia, cada personagem tem suas frustrações e mágoas, parece melancólico, mas é isso que dá todo a sentido a trama.
Achei a história diferente e muito boa, a leitura vale a pena.

Para quem quer ler ou já leu Puros: O livro tem continuação, mas ainda não foi publicado no Brasil, entrei em contato com a Intrínseca duas vezes para perguntar se pretendem lançar uma continuação, mas eles nem se deram ao trabalho de responder.

21 Gostou? Comente!:

  1. Oi,
    Ahh já ouvi falar desse livro, mas nunca tive tempo de ler. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa! :D
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  2. Distopias também me parecem livros de terror porque não precisaríamos de muitas mudanças no mundo de hoje para chegar num futuro bem parecido com os descritos nos livros... rsrsrs... medo!!!

    SUA ESTANTE

    ResponderExcluir
  3. Oi Juh,
    Não imaginava que era um livro futurístico.
    Eu via a capa e pensava que era algum drama, algo do tipo...
    E adorei que a autora é minha xará!! haha

    Super quero ler!

    Ótima resenha =D

    bjs e tenha um ótimo final de semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oi, Juh! Tudo bem? Eu já vi várias pessoas falando sobre esse livro, mas todas falaram mal. Gostei de ver uma opinião positiva para a obra. A premissa do livro é bem bacana e eu adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Juh! Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas achei interessante (apesar de ser meio agoniante imaginar pessoas que se fundiram com objetos). Acho que não é tão famoso justamente por não seguir o padrão atual das distopias (ultimamente tô até com um pouco de receio de ler e ser a mesma coisa de alguma outra). Adorei a resenha :)

    Unicórnia de Papel

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi falar desse livro e tem um tempinho que quero ler.
    Parece ser bem interessante.
    Beijos ♥
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
  7. que legal!
    Foi uma bela surpresa pra mim tb! eu nao esperava que fosse tudo isso... fiquei até com vontade de ler o livro menina :DD mt bom!
    ela é mesmo e escreve bem!!!
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Juh!
    Já tive vontade de comprar esse livro várias vezes, mas sempre tive um pé atrás, pois v alguns comentários negativos.
    Depois de sua resenha decidi que na próxima oportunidade irei comprá-lo. Adoro distopia, e uma que o enredo não é mais do mesmo é sempre bem-vinda.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    #MêsDosNamoraados do Costruindo Estante. Concorra a 1 vale presente de R$ 50,00 da Saraiva.
    Participe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, depois que li o livro também encontrei algumas resenhas negativas, na verdade percebi que, ou amam, ou odeiam o livro hahah. Ele tem um enredo forte é um livro dramático, eu gostei principalmente por causa da inovação da autora, mas sabe né? tudo que é novo as vezes assusta e é criticado...
      Beijos

      Excluir
  9. Oi, Ju!

    Blog de carinha nova! *--* Ficou lindo!

    Adorei a resenha! Ela me deu uma SUPER vontade de ler o livro! Como assim essa história de ter gente fundida uma com a outra e com objetos? :O
    Estou super curiosa agora!!!!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Tenho o livro aqui mas ainda não li, gostei da resenha, espero gostar.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro, achei a resenha muito interessante, fiquei curiosa.
    O layout novo está lindo! *-*
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  12. Oi Juh!
    Achei a história perturbadora e muito interessante!
    A ideia da fusão, das pessoas lidando com as consequências recentes, da segregação... parece muito bom mesmo o tema do livro! Gostei muito da resenha! =)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Juh!
    Não conhecia este livro e gostei muito da proposta. Realmente, as distopias estão seguindo uma mesma fórmula e gostei desta, tão diferente e inovadora. Fiquei curiosa para conhecer melhor o mundo criado pela autora. Ótima resenha!
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Já tinha ouvido falar desse livro mas ainda não li porque não há previsão do lançamento da continuação. Pra mim não tem nada mais frustrante do que não saber se uma série vai ter continuação ou não por aqui :(
    adorei a resenha...
    Passei aqui também pra dizer que te indiquei pra responder a Tag Liebster Award http://reticenciasliterarias.blogspot.com.br/2015/06/tag-liebster-award.html
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Andrea, para mim também, mas quando comprei não sabia que era uma série. Também não gosto de ler um livro e ficar no vácuo quanto a continuação...
      Obrigada por me indicar na tag!!
      beijos

      Excluir
  15. Ahh meus deuses, agora preciso mesmo ler esse livro, hahahah
    Já vi ele em promoção, mas não sabia bem o que esperar. depois da resenha é impossível não querer ler. Correndo adicionar a lista de desejados, hahah
    beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oii Juh, parece ser um livro excelente, vez em quando vejo ele em promoção no submarino, mas nunca me chamou muito atenção até agora!
    rss
    ^^


    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Heey!
    Eu tenho vontade de ler esse livro, parece ser excelente, mas como a continuação foi cancelado no Brasil [eu acho] eu desanimei de ler...
    Seu blog é maravilhoso, já estou seguindo ^^
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
  18. Ola,
    Parece interesante esse livro e tenho vontade de le-lo.
    Gostei muito da sua opiniao.
    Beijos e boas leituras! :)
    http://abracalibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi
    Eu também comprei esse livro porque estava muito barato e adorei a leitura, achei um livro diferente acho que vou procurar a continuação na internet. Que bom que gostou de ler ele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!!
Não esqueça de curtir a página do blog no face...
https://www.facebook.com/umminutoumlivroblog

 

© Template elaborado por Cantinho do Blog. Clique aqui e Encomende o seu! - 2015. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré