Resenha - Seis anos depois.



Oi meus amores!
Faz tempo que não publico uma resenha né? Ultimamente as resenhas estão a cargo da Bruna, mas hoje venho trazer um livro que me surpreendeu e não poderia deixar de indicá-lo a vocês.

“Você acredita em amor à primeira vista? Nem eu. Mas acredito numa grande atração à primeira vista, mais que física. Acho que de vez em quando - em uma ou duas ocasiões na vida - nos sentimos fascinados por uma pessoa, de forma muito profunda, primordial e imediata, um encanto mais que magnético.”

A trama começa com Jacob Fisher, um homem charmoso, mais conhecido como Jake, sentando em um banco de igreja a assistindo a um casamento. Nathalie, sua agora ex namorada, o dispensou para casar com Todd, homem que ela dizia amar a muito tempo. Após a cerimônia ela fez Jake prometer que a deixaria em paz e nunca mais procuraria por ela. A narração do prólogo é um pouco deprimente e dá muita dó do Jake.

“Sentei-me no ultimo banco da igreja e fiquei assistindo à única mulher que amaria na vida se casar com outro homem”

Seis anos se passaram e, Jake, é o típico professor “queridinho” de universidade, ele cumprimenta a todos, dá concelhos e até tem até horários exclusivos para conversas individuais com alunos, onde eles podem falar sobre o que quiserem com o professor. Mas é claro, seu relacionamento com os alunos não passa do profissional, a vida de Jake é simples e controlada, professor de trinta e poucos anos, solteiro, adorado por seus alunos, que gosta de sair para beber com seu melhor amigo. Isso é a sua rotina, até que um dia, Jake vê um obituário que chama sua atenção, Todd, marido de sua ex namorada e grande amor de sua vida, faleceu. Essa notícia traz sentimos que foram guardados por 6 anos, durante esse tempo, a promessa foi cumprida, mas com a morte de Todd, Jake se sente dividido entre procurar seu amor, e continuar a cumprir a promessa.

“Uma característica da condição humana é que todos pensamos que somos singularmente complexos, ao passo que os outros são mais fáceis de compreender. Não é verdade, claro. Todos têm seus sonhos, esperanças, vontades desejos e mágoas. Todos têm um tipo próprio de loucura.”

Por motivos que o próprio Jake não sabe, ele pega um avião e vai ao enterro de Todd, e mais uma vez ele está em uma igreja com Todd e Nathalie, bem, isso é o que ele pensa, até conhecer a esposa e os filhos de Todd e descobrir que Nathalie não está lá. Jake é do tipo curioso, e não consegue se conformar com o que viu, isso o faz ir atrás de seu grande amor, mas encontra-la não será assim tão fácil, e pode custar vidas, inclusive a sua.
Não vou falar mais sobre a trama pois sei que darei spoilers... hahah

O livro é mais do que um thriller policial, ele é também uma incrível e envolvente história de amor. O principal trunfo de Seis Anos Depois, é a velocidade de seu enredo, combinado por segredos em cima de segredos, surpresas e mistérios que vão sendo desvendados conforme cada capitulo avança. O desenrolar da trama embaraça a cabeça do leitor com grande facilidade, fazendo com que você nunca saiba quem é "mocinho" e quem é bandido, ou qual o próximo acontecimento.
O livro é narrado em primeira pessoa e nosso narrador, Jake, é um personagem muito carismático e sarcástico, é difícil não gostar dele. De forma superficial, talvez até ao ler essa resenha, Jake pareça um romântico meloso e obcecado. Mas garanto que ele não é, sua curiosidade se transforma na mesma que a do leitor, e estou certa que você não vai querer que ele pare de procurar pela Nathalie.
Como eu nunca tinha lido nada do Harlan Coben, a leitura desse livro realmente me surpreendeu e já estou procurando mais obras do autor.
Beijos,
Juh Bernardo

15 Gostou? Comente!:

  1. Oi, Juh!
    A resenha já me surpreendeu. Eu imaginava que seria um romance, que mostrasse um amor renascendo seis anos depois. Ai, pimba, tem trama policial junto hahaha! Achei interessante. :)
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Helloo, Juh! Tudo numa nice?!
    Ah, eu já li esse livro também e foi o meu primeiro contato com as obras do Harlan! *-*
    Eu amei demais o livro e fiquei nervosa e ansiosa, virando as páginas freneticamente porque eu não conseguia parar. Para você ver como eu fiquei ansiosa com o livro, eu até sonhei com ele, como o Jake ia descobrir as coisas e tal. kkkkkkk Essa é a obra mais romântica do Harlan, sabia?! Todo mundo comenta sobre isso. Eu também estou querendo conferir mais livros desse autor.
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, pensei que essa ansiedade era comigo... rsrsr fazia tempo que não pegava um livro assim. E também já ouvi falar que essa é a obra mais romântica do autor. Quero muito outros livros dele!

      Excluir
  4. Já tinha lido uma outra resenha sobre esse livro há algum tempo e fiquei super curiosa com essa história, ele já está na minha lista, espero que consiga lê-lo em breve.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  5. Eu amo livros assim, de histórias fofas, de amor e que são surpreendentes.
    Adorei a sua resenha, bem explicada e rica em detalhes, vou tentar baixar em PDF e ler em breve. *--*

    Estou te seguindo de volta.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  6. Oi
    eu já tinha lido alguns livros do Harlan e gostei da escrita desse, a história do livro parece ser bem envolvente e até fico curiosa para saber o que aconteceu com a mulher, gosto de livros desse gênero apesar de ler poucos assim.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Juh,
    Ainda não li nada do Harlan acredita? :O
    E olha que não é por falta de falarem. Vou deixando de lado e acabo esquecendo.
    Mas esse ano eu coloco a leitura dele em dia hahaha.
    Adorei a resenha.
    Bjs
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  8. Oi, Juh, tudo bem?

    Eu ganhei esse livro ano passado em uma promoção, mas até hoje não li, acredita?
    Só leio coisas maravilhosas a respeito do Harlan e tô aqui comendo mosca. Vou ler o mais rápido que eu puder!

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Juh,
    Ainda não li nada do autor, mas esse foi o que separei para começar.
    Já deu até um ânimo para pegá-lo em Abril, espero conseguir haha

    tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Oiii Juh, tudo bem???? Eu não li esse livro ainda, mas sou louca para ler. Espero que consiga fazer isso em breve =D Acho que assim como você, também vou amar a história. E eu também nunca li nada do autor e quero começar por esse que é o que mais chama a minha atenção :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Nossa, não sabia que a história desse livro era assim, adoreeeei o enredo! Fiquei curiosa agora, onde a mulher foi parar? kkk
    Romance + Policial = ♥
    Adorei a resenha!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Super me surpreendi com esse livro. Admito que tenho ele na estante e até agora não li por não ter me chamado tanta atenção a capa e a sinopse, mas totalmente vou ler, mistério e romance? Quer coisa melhor? Ótima sua resenha!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Juh! Tudo bem?
    Eu já ouvi falar no autor, mas nunca li nada dele.
    Gostei muito de ler sua resenha, fiquei curiosa com o desfecho da trama.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Adoro personagens carismáticos e sarcásticos, também gosto muito do gênero, mas o meu problema é com o autor. Li dois livros dele (na verdade só terminei um) e foram muito ruins. Desde então nunca mais tentei nada do Harlan. Lembro de descobrir o "mistério" da coisa logo nas primeiras páginas de Quebra de Confiança :/

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!!
Não esqueça de curtir a página do blog no face...
https://www.facebook.com/umminutoumlivroblog

 

© Template elaborado por Cantinho do Blog. Clique aqui e Encomende o seu! - 2015. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré